Dona Frida entra na moda

1334078799195

Dona Frida, 93 anos, chegou a consulta rindo, acompanhada da filha. Eu a operei há 3 anos. Ela é lúcida, cozinha e faz bolos. Me contou que fez aniversário na  semana passada. Mora sozinha e as filhas providenciaram uma cuidadora  recentemente. Disse que tinha algo para me contar, naquela mistuar de português  com alemão que alguns idosos falam no interior do Rio Grande do Sul. “Doutora, a moça que me cuida disse que não estar depilada é fora de moda. E me depilou toda para vir à consulta.” E sorriu, com carinha de criança sapeca. Eu expliquei que não havia indicação médica para a depilação. E que a depilação completa inclusive poderia deixar a região desprotegida. Dona Maria leva minhas orientações muito a sério, mas dessa vez ela sequer me ouviu. Ela estava naquele estado em que a cabeça fica leve e auto-confiança atinge o seu máximo. Impossível convencer uma mulher que está se sentindo “na moda” do que quer que seja. Não é todo o dia em que uma mulher se sente assim.

(postado no Facebook em 18/09/2013)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *