Arquivo da categoria: poemas

Fauno

fauno

 

 

 

 

 

 

 

 

Vi o Fauno dançando/

uma dança estranha e antiga/

sobre a muralha/

e me desafiava./

Dançava ao meu redor/

e me desafiava./

Bebia vinho/

e me desafiava./

Me falava de arte/

e me desafiava/

eu, parada./

Perguntou se eu tinha medo/

eu, fascinada./

Detesto os que me desafiam.